Agências x Produtoras

fordismo

Existem agências digitais e existem produtoras de sites.

Nada contra. Ambas são modelos de negócios totalmente válidos e lucrativos. Porém, contrariando muita gente, estão longe de ser sinônimos.

Começando pelo óbvio: as agências agenciam, fazem a intermediação entre clientes, fornecedores e meios (mídias). As produtoras produzem.

As agências focam seu trabalho no cliente do cliente, o consumidor final. Assim, se colocam ao lado do cliente na missão de impactar o público-alvo e conquistar os resultados almejados. As produtoras atendem o cliente, executam suas solicitações cegamente, sem outras considerações.

Agências trabalham em equipe, buscando proporcionar um clima de troca genuína de experiências, num ambiente descontraído e colaborativo. As produtoras privilegiam os empregados que executam sem questionar, cumpridores de ordens, maximizando resultados no menor espaço de tempo possível.

As agências privilegiam cabeças pensantes, pessoas criativas que estejam dispostas a encontrar soluções surpreendentes e inovadoras. As produtoras buscam funcionários descartáveis, facilmente substituíveis, que custem pouco mas produzam muito, de maneira padronizada e uniforme.

As agências admitem correr os riscos de perder e sempre buscam aprender com os erros e acertos. As produtoras insistem cegamente nos acertos, ainda que minguados e recheados de desacertos.

As agências investem em inovação. As produtoras evitam riscos, veneram a previsibilidade burocrática.

As produtoras de sites são as representantes tecnológicas do fordismo. Trabalho mecanizado, automatizado. Produtos conhecidos, uniformes. São luditas contemporâneas, prontas para destruir qualquer iniciativa de inovação e renovação. Fugere novitatis !

Produtoras apostam no passado e temem o futuro. Agências aprendem com o passado e investem no futuro.

Produtoras discursam. Agências agem.

Comments

  • Anderson

    O maior problema é o empresário saber qual o papel de sua empresa, é agência ou é produtora? Pois as duas ao mesmo tempo não da, uma falta de preparo torna isso um pouco mais confuso, mesmo sendo simples a resposta como você mesmo disse “Produtoras discursam. Agências agem”, e você esta onde? Em uma agência ou em uma produtora?

  • Pois é, complicado.
    Cada vez mais me convenço que existe uma deficiência generalizada em termos de gerenciamento das empresas, seja de que tipo for. Até pq não é preciso experiência para ser dono, né?
    O mínimo que se espera, na minha opinião, é que se conheça o meio em que seu negócio se insere.
    Quer ser produtora? Ótimo, mas seja produtora.
    Quer ser agência? Ótimo, mas seja agência.
    Só não dá pra brincar de ser os dois.
    Assuma-se!

Leave a Comment