As minhas previsões de Digital para 2016

digital predictions

 

A CI&T publicou as 10 previsões de Digital para 2016 e você pode conferir as minhas abaixo.

 

Individualismo e fortalecimento das redes sociais de nicho

A radicalização do debate político via redes sociais e o efeito “tribunal do Facebook”, que tira proveito do falso anonimato levará uma parcela dos usuários a focar em redes sociais de nicho, direcionada a seus interesses. Assim, redes como o LinkedIn, Slack, Behance, redes de contratação de trabalho temporário como o Trampos e sites de crowdfunding como Catarse e Kickante terão crescimento, com usuários apolíticos buscando soluções para suas necessidades e, principalmente, se conectar a quem tem interesses comuns. Esta postura mais individualista, associada a uma postura do “resolvo eu mesmo” também terá como um subproduto o fortalecimento de atividades de ciberativismo, com pequenos grupos locais se reunindo para realizar melhorias no seu entorno, seja pressionando autoridades, seja mobilizando a sociedade civil.

 

IoT e UX: impulsionando o despertar do Customer Experience (CX)

A imprevisibilidade da crise econômica no Brasil estimulará a busca por soluções tecnológicas criativas, baratas e realmente funcionais. Esqueça a famosa geladeira que tuita! A inovação virá de pequenos dispositivos de baixo custo conectados à internet mas que proporcionam uma experiência que efetivamente facilita o dia a dia do consumidor. Veremos a internet das coisas sendo aplicada em soluções úteis e relevantes, como já é o caso do Amazon Dash, um dispositivo que permite encomendar coisas da despensa de casa literalmente com o toque de um botão. Aqui o terreno será fértil para as startups e corporações que aperfeiçoarem suas inovações de IoT investindo em melhorias que favoreçam a experiência do usuário (UX). Como consequência, esta aplicação de UX em soluções físicas despertará um maior interesse e aprimoramento do Customer Experience (CX) ao explicitar o potencial das novas formas de interação das marcas com seus consumidores, uma vez que Customer Experience envolve uma jornada muito mais ampla que não tem necessariamente apenas pontos de contato online.

 

Gostou do conteúdo? Aproveite e compartilhe – é provável que outras pessoas queiram ter contato com esse material também. Para acessar as outras previsões, clique aqui http://bit.ly/1PgxKC4

Leave a Comment